“Continuar trabalhando como sempre fiz, as pessoas que votam em mim votam pelo serviço prestado e não só pelo fato de estar na tv”

Regina Botelho da Redação Centro Oeste Popular

Gisela Simona foi candidata à deputada federal pela primeira vez em 2018 pela PROS e por poucos votos não foi eleita. Foi candidata em 2020 à prefeita de Cuiabá, ficando em terceiro lugar na disputa. Ela passou 12 anos como diretora do Procon de Mato Grosso. Em entrevista ao Jornal Centro-Oeste Popular ela fala sobre eleições 2022, formação de chapas, participação da mulher na política entre outros assuntos.

CO Popular – O clima hoje está pacificado no Pros, após as divergências internas?

Gisela Simona- Sempre tivemos o clima pacificado no PROS. O PROS Cuiabá tem uma diretoria que toma suas decisões, sempre com pré-oitiva do grupo e a maioria sempre prevalece. Em todo ambiente democrático é legítimo ter diferença de ideias, mas primamos pela ética e coerência de nossas atitudes.

CO Popular- A senhora realmente vai disputar uma vaga na Câmara Federal ou ainda há possibilidade de disputa a AL?

Gisela Simona – Vou disputar uma vaga na Câmara Federal. Foi o que me motivou entrar na política partidária e todos as minhas propostas no âmbito do direito do consumidor precisam passar pelo Congresso Nacional.

CO Popular- Hoje, o Pros está propenso a apoiar quem ao Governo do Estado? Ou essa conversa ainda não foi entabulada pela sigla?

Gisela Simona- Somente depois de fechada a chapa para federal e estadual é que vamos discutir nossos apoios a Governo do Estado, Senado e presidente da República

CO Popular- Como a senhora analisa hoje a participação da mulher na política?

Gisela Simona- A participação da mulher na política ainda é muito tímida porque quando ousamos a pensar diferente somos pré julgadas, o machismo impera e a grande maioria dos partidos nos querem unicamente para cumprir a cota. Porém, as mulheres que estão enfrentando o desafio, regra geral, já estão vacinadas contra o tapinha nas costas e sabem o que querem, valorizam seu tamanho e estão na disputa para ganhar.

CO Popular- Na sua concepção falta maior representatividade?

Gisela Simona- Falta representatividade, tanto de mulheres quanto de negros no parlamento. Não obstante sermos mais de 50% do eleitorado, eleitos temos apenas 15%

CO Popular- Qual a estratégia para se manter em visibilidade, já que hoje a senhora não comanda mais um órgão estadual?

Gisela Simona- Continuar trabalhando como sempre fiz, as pessoas que votam em mim votam pelo serviço prestado e não só pelo fato de estar na tv. Isso ajuda, mas não é tudo. E na medida do possível, atendo todos que me procuram solicitando ajuda, em especial, com dúvidas sobre direito do consumidor.

CO Popular- Como está à formatação das chapas a câmara e assembleia dentro do pros?

Gisela Simona- Felizmente estamos tendo uma boa receptividade do PROS pelas lideranças. Vamos sair com chapa cheia: nove Federais e 25 estaduais. Chapa Competitiva, alguns testados nas urnas outros novos na política com algo em comum: serviços prestados na nossa Comunidade. O partido está forte e unido e acredito que vamos surpreender como nosso resultado.

CO Popular- Sua postura no segundo turno da eleição que reelegeu o prefeito Emanuel Pinheiro (MDB), de apoiar o candidato Abílio Júnior (Podemos), não prejudica o seu projeto de disputar a Câmara Federal?

Gisela Simona- Não, pelo contrário ela mostra nossa coerência no combate a corrupção que era nosso pilar no programa de governo. Na época já tínhamos cinco secretários afastados por corrupção, hoje são sete, inclusive o prefeito. A decisão nos fortalece porque mostra que fazemos a boa política na prática e não apenas no discurso.

Com muito ❤ por go7.site